BLOCO DE NOTAS II

AS CRIANÇAS, O MELHOR DO MUNDO

Manuela Ribeiro, especialista em Medicina Física e de Reabilitação no Hospital de S. João, no Porto, acredita, como Pessoa, que o melhor do mundo são as crianças e por isso coloca-as no centro deste livro. Todos os esforços em favor da felicidade da criança – no seu dia e todos os dias – são poucos. Elas merecem o máximo empenho e cuidado de todos. É exactamente isso que fazem as formiguinhas, as abelhas, os gafanhotos, os pirilampos e as borboletas que moram neste jardim do arco-íris, resultando mesmo o aparente fracasso (ou não total sucesso) como uma mais-valia de beleza e diversidade.
Se a temática é pertinente e aliciante, o enredo em que assenta, sendo interessante a início, torna-se progressivamente mais óbvio, resultando num final demasiado previsível.
Este livro, todavia, é (ou conta) mais que uma história – é um projecto pensado como um todo e com manifestas preocupações pedagógicas. Evidência deste facto é o CD que o acompanha, com música de Sofia Ribeiro e Gui Duvignau e cantado por duas crianças em parceria com a autora da música; o poema / letra do hino do Jardim do Arco-Íris que se inclui no final (para acompanhar no CD); as breves biografias sobre todos os intervenientes no projecto; e algumas notas sobre a autora principal.
As ilustrações e o arranjo gráfico de Susana Ribeiro emprestam ao livro uma simbiose entre cor e ilustração, servindo a primeira para fazer notar o arco-íris e o seu lugar na narrativa e a segunda para evidenciar (ou fazer ver melhor) os eixos centrais do enredo.
Trata-se, como a dado passo se escreve, de “uma aventura de trabalho, sempre a pensar nas crianças”.

Título Jardim do arco-íris Autor(es) Manuela Ribeiro, Susana Ribeiro (ilustrador), Sofia Ribeiro e Gui Duvignau (músicos) Tipo de documento Livro Editora EBITDA Local Porto Data de edição 2008

Comentários

Mensagens populares