Dez dicas para ler mais em família


São inúmeros os estudos que mostram que a criança que lê adquire sentido crítico, pensa e escreve melhor, amplia o seu vocabulário, fala melhor e mais à vontade e, por norma, tem melhor desempenho escolar. Por isso, é importante o contacto com os livros e a literatura desde os primeiros meses de vida. Outros estudos mostram ainda que quem define a competência de leitura é a família, mais do que a escola e os amigos. A serem verdade, estas evidências dizem-nos que é preciso ler e valorizar o livro.
Deixo-vos algumas dicas que vos podem ajudar a ler mais e melhor em família:

1. Não reclame o preço dos livros diante dos seus filhos, eles tenderão a desvalorizá-los se isso acontecer. Os livros são um bem de primeira necessidade para quem quer cuidar da saúde intelectual. Ofereça, por isso, livros, em vez de brinquedos.

2. Respeite o ritmo e o(s) gosto(s) do seu filho.  Respeite as etapas de crescimento e as diferenças entre eles, no caso de ter mais do que um.

3. Incentive a leitura por prazer. Misture leitura com brincadeiras, com aventura(s), com cultura. Brinque com o livro.

4. Não leia sempre, conte mais vezes, sobretudo enquanto forem muito pequenos. Se tiver de o ler, faça-o com alma e encanto, como um leitor apaixonado pela leitura.

5. Promova atividades que introduzam a leitura no dia a dia,  como, por exemplo, visitas a livrarias, bibliotecas, museus, ou ambientes que façam parte do cenário de algum livro (ex.: zoo, estádio, entre outros).

6. Estimule a leitura antes de dormir. A leitura pode ser um tranquilizante depois da azáfama do dia e da higiene antes de deitar. Enquanto o seu filho não souber ler, leia para ele; se já souber, convide-o a ler para si...

7. Estimule, mesmo que improvisando, a “encenação” de histórias ou episódios dos livros. Faça/organize representações cénicas para os seus filhos e os amigos deles; ponha-os a contar/representar as histórias lidas; dê-lhes audiência, promovendo estas “representações” em festas de aniversário ou outras, diante de familiares e amigos.

8. Organize um clube do livro. Proponha aos pais dos amigos do seu filho a criação de um clube  em que, por exemplo, se faça a leitura mensal de uma história, se encene a história; e/ou, ainda, organize um debate/apresentação de um livro, apresentação em que eles sejam os principais intervenientes.

9. Ajude o seu filho a ler melhor, lendo para ele, lendo com ele e fazendo-o ler para si (e não só) e fazendo-o ler com os outros. Ler em voz alta, para e com os outros, é muito importante. Promova-o. 

10. Depois de tudo isto (e/ou se nada disto resultar), reconheça ao seu filho o direito de NÃO LER, fazendo-o notar que, na parte que lhe toca e por sua vez, não deixará nunca de ler.

Boas leituras familiares!

Comentários

Mensagens populares