DAR CORDA ÀS PALAVRAS 2

[Poema visual do livro TPC - trabalhos Poéticos em Curso, de João Manuel Ribeiro]

Depois de nos termos divertido com letras e traços, podemos agora «brincalhar» com a forma e/ou o sentido das letras.
Podemos mesmo exercitar algum tipo de poesia visual com a forma das letras.

Vejam-se alguns exemplos:

1. A forma e o sentido das letras

PPP

Pescador de palavras
pesco a pedra e o pássaro;
Pescador de palavras
pesco o pássaro e o pífaro;
Pescador de palavras
pesco o pífaro e o peixe.

E com palavras parto,
com palavras fico.
Com palavras peco.
Com palavras peço.
Com palavras grito.
Com palavras acabo
e recomeço.

Pescador de palavras
pesco o poema:
pífaro de paz
e pedra de arremesso.

José Carlos de Vasconcelos (De Águia a Zebra)

2. O sentido das letras

A LETRA Q

Estou sempre muito longe.
Dizem qualquer coisa e eu pergunto
- Quê?
Pergunto sempre:
- Quê?
Não sei porquê
O meu anigo V
Zanga-se e diz:
- És surdo ou quê?
E eu respondo sinceramente:
- Sou quê.

Mário Castrim (Estas são as letras)

3. A forma das letras


João Manuel Ribeiro (TPC – Trabalhos Poéticos em Curso)

Comentários

Mensagens populares