Dar corda às palavras - Palavras e encadeamentos

As palavras, se encadeadas, se intercaladas, se misturadas com números, produzem efeitos sonoros e até visuais muito interessantes, suscetíveis de captar a atenção e o sentido lúdico das crianças.

1. Palavra puxa palavra

Escrever um primeiro verso.  Continuar a escrever os versos seguintes, iniciando cada linha com a última palavra da linha anterior. Se puder rimar, melhor.

Alguns exemplos:

AMANHÃ É DOMINGO

Toca o sino
O sino é de ouro
Mata-se o touro
O touro é bravo
Ataca o fidalgo
O fidalgo é valente
Defende a gente
A gente é fraquinha
Mata a galinha
Para a nossa barriguinha.

(Do Património Oral)

A BOLA É REDONDA

Em cima de uma pomba
A pomba é branca
Em cima de uma tranca
A tranca é de pau
Berim-bim-bau

(Do Património Oral)

Número puxa palavra

Escrever um primeiro verso, começado com um número.   Continuar a escrever os versos seguintes, iniciando cada linha com o número seguinte (ou anterior) de modo a conseguir um efeito rítmico e sonoro.
Se puder rimar, melhor.

Alguns exemplos:

UM PUM

Um pum
Dois bois
Três inglês
Um pum
Dois bois
Três inglês
Quatro arroz no prato
Cinco Maria do brinco
Seis Maria dos Reis
Sete pega no canivete
Oito vai ao biscoito
Nove dá esmola ao pobre
Dez vai lavar os pés
Onze os sinos de Mafra são de bronze.

(Do Património Oral)

HORAS DE SONO

Quatro horas dorme o santo,
Cinco o que não é santo...
Quatro horas dorme o santo,
Cinco o que não é santo,
Seis o caminhante,
Sete o estudante,
Oito o preguiçoso,
Nove o porco,
Mais só o morto.

(Do Património Oral)

Comentários

Mensagens populares