Dar corda às palavrasVI


As Letras apresentam-se...

Escolher uma letra do alfabeto que vai apresentar-se através de uma lista de palavras de que ela é a inicial.
Variante: fazer um poema sobre uma letra do alfabeto...

A de Águia, em alto voo.
B de Burro, carregado e só.
C de Camelo, longe do zoo.
D de Dinossauro, agora pó.

E de Elefante, nunca elegante.
F de Flamingo, ave colorida.
G de Girafa, de pescoço gigante.

H de Hiena, brava e enfurecida.

(João Manuel Ribeiro)

Letras impostas...

Pode-se (fazer) escrever um poema em que determinada letra ou fonema é obrigatória em (quase) todas as palavras, ainda que com grafias diferentes....

Alguns exemplos:

Letra C

Com cana não caça o caçador,
a cana é caçadeira de pescador.
Cada coisa casa com seu caso,
se à confusão não deres aso.

Letra G

A gota de água gosta do girassol
e o girassol gosta de tal gosto.
Oxalá que o grande e grave Sol
de agosto não a mate de desgosto.

Letra J

Juraram a Joana e o João
juntar a jibóia e o javali
a jantar, ou junto de si,
ou na janela da imaginação.

Letra P

Os pés dos patos são as patas,
os pés das patas, patas são.
Com tantos pés ainda desatas
a chamar patas aos pés do patrão.

(João Manuel Ribeiro)

Comentários

Mensagens populares